Stars Dance

Stars Dance é o álbum de estreia em carreira solo, sendo também o quarto álbum de sua carreira. Seu lançamento ocorreu em 23 de Julho de 2013, através da Hollywood Records, apesar do álbum ter sido jogado ilegalmente na internet no dia 15 de Julho de 2013. Em sua primeira semana, o álbum vendeu mais de 97.000 mil cópias nos Estados Unidos, e consequentemente lhe fez estrear pela primeira vez no topo da Billboard 200. Foi o último álbum de inéditas de Gomez com a gravadora, o contrato seria encerrado no ano seguinte com o lançamento da coletânea For You.
O disco rendeu dois singles: Come & Get It, o primeiro, obteve êxito comercial, sendo a primeira canção de Gomez a entrar no top dez da Billboard Hot 100, ao atingir a 6° posição. Foi seguido por Slow Down, que teve um desempenho médio nas tabelas musicais, atingindo a 27° posição da Billboard Hot 100. Como forma de divulgação do material, a artista se apresentou no MTV Movie Awards de 2013, Radio Disney Music Awards de 2013 e Billboard Music Awards de 2013, bem como em programas televisivos. Adicionalmente, ela embarcou em sua primeira turnê solo, Stars Dance Tour, que percorreu a América do Norte, Europa e Ásia, mas que não teve todo seu trajeto completado por causas problemas de saúde da cantora.



Crítica profissional

 Após seu lançamento, Stars Dance recebeu comentários mistos da crítica especializada. O portal Metacritic, com base em dez resenhas, concedeu ao disco uma média de 59 pontos, em uma escala que vai até 100. Ron Harris, do periódico The Huffington Post, disse que o conjunto apresenta pouco da personalidade da cantora, e que se trata de um esforço musical mediano com letras superficiais e pouco reveladoras. O crítico prosseguiu sua resenha declarando que "Come & Get It" é a melhor faixa do disco, em quesito produção, e que seria positivo se as canções mostrassem mais sobre Selena e menos de seus profissionais da equipe de elaboração do projeto.

FAIXAS DO ÁLBUM:
Compartilhar no facebook twitter Google tumblr pinterest

Entradas similares

Nenhum novo comentário é permitido